Ditadura da beleza: Existe um corpo ideal?

*Gisela Monteiro

Não, não, mil vezes não!! Não existe corpo ideal porque não existe gosto ideal e dentro de cada corpo habita uma mente. É impossível separar um do outro. Claro que a atração inicial pode se dar pela estética, pela apreciação do belo na concepção de cada um. Mas basta meia hora de papo para perceber que o dono do corpo pode ser alguém com ideias muito diferentes das nossas e o Deus (a) grego(a) se transforma em humano comum.

Tem uma frase muito repetida que detesto: “A mídia impõe padrões de beleza. ” A mídia não impõe nada, ela reflete a sociedade em determinado momento histórico. O padrão vai mudando ao longo do tempo. Normalmente, este padrão é ditado pelos modelos dos desfiles das grandes confecções. São pessoas escolhidas a dedo para melhor vestirem os looks de cada estação. Não os pobres mortais, que depois compram a roupa e descobrem que aquela roupa não cai tão bem em seu corpo.

*Gisela Monteiro é doutora em Psicologia Social pela USP, professora universitária, psicoterapeuta e palestrante. Idealizadora da plataforma Falatório com Gisela (www.falatoriocomgisela.com.br), na qual apresenta a Psicologia de forma descomplicada, e autora do livro “Imprevisíveis!”

Com vaidade, dinheiro e tempo suficientes é possível transformar radicalmente o corpo. Penso que é mais saudável que as pessoas cuidem do corpo que têm e escolham roupas adequadas a ele. É ele com quem vamos conviver até o fim da vida. É ele que vai amadurecer conosco. E é ele que, sendo rejeitado ou desprezado, pode cobrar uma fatura alta ao envelhecer mal, até doente!

Não quero dizer para você deixar de ter um pingo de vaidade, ela é saudável quando cuida e valoriza o corpo. É o suficiente para conseguir se relacionar e experimentar os sabores que a vida tem a oferecer! E hoje vemos uma abertura enorme para diferentes padrões estéticos, graças à Deus!

Beleza & Moda, Editorial, Hot News

One thought on “Ditadura da beleza: Existe um corpo ideal?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *